Sabias que . . .

0
18

a 07 de janeiro de  1355 D. Afonso IV, o Bravo, mandou matar D. Inês de Castro, amada de seu filho D. Pedro I? D. Pedro I vingaria a sua morte ficando para a História como o Justiceiro; o Cruel. Com requintada malvadez o jovem rei consuma a vingança da morte da amada a mando do sogro. A Pêro Coelho foi retirado o coração pelo peito e a Álvaro Gonçalves foi retirado pelas costas. Diogo Lopes Pacheco conseguiu escapar para França e, posteriormente, seria perdoado pelo Rei no seu leito de morte. A morte da fidalga galega, aquela que depois de morta foi rainha, é muito provavelmente um dos primeiros crimes políticos da História de Portugal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here