Sabias que . . .

0
17

a 12 de janeiro de 1759 são condenados os acusados da casa dos Távora, culpados do atentado ao rei D. José I. Foram espancados e depois queimados ou degolados em praça pública. Nunca ficou provado que se tratasse de um atentado contra o Rei. Sebastião José Carvalho e Melo conduziu o processo que ordenou a execução de todos, incluindo crianças. Pelo seu tratamento competente do caso foi feito Conde de Oeiras. A lição era simples: que nunca mais a nobreza se rebelasse contra a autoridade régia. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here